Review e Análise – SQL Saturday #573 – Brasília

Foto dos palestrantes
Foto dos palestrantes

Sábado, 26 de Novembro  de 2016 aconteceu aquele que foi meu primeiro SQL Saturday no papel de organizador. Obviamente não o fiz sozinho, tive muito apoio de amigos da comunidade e da Faculdade Projeção, mas isso já falo no decorrer do post.

Quando se organiza um evento do porte do SQL Saturday, cada detalhe é importante e faz a diferença (para algo bom ou ruim) no dia do evento.

Esta foi a terceira edição do evento em Brasília, tendo sido as duas anteriores organizadas (e muito bem organizadas) pelo meu amigo Luciano [Luti] Moreira (Twitter | Blog).

d

Análise do Evento:

d

Reserva de data:

Existe um roteiro com datas pré-definidas que precisam ser respeitadas para que os organizadores tenham tempo hábil para organizar minuciosamente tudo o que é necessário para que o evento possa ter sucesso. Quando eu soube que o Luti não poderia organizar o evento em 2016 devido a compromissos pessoais, haviam basicamente duas opções: 1) OK, não teremos SQL Saturday BSB em 2016  ou  2) O Evento tem que acontecer, vamos assumir (morrendo de medo e preocupação) e fazer acontecer. E assim aos 48 do segundo tempo, conseguimos junto ao PASS, reservar a data 26 de Novembro, ufa quase não deu…

d

Patrocínio:

Para o evento ser gratuíto, alguém tem que investir dinheiro, pois muitas coisas precisam ser compradas, e os fornecedores geralmente não são da comunidade técnica SQL Server, querendo doar seus produtos e serviços. Essa foi minha primeira grande preocupação, “E se eu não conseguir dinheiro suficiente”… Nesse ponto, conversei com meu amigo Diego Nogare (Twitter | Blog), que me deu um puxão de orelhas, “Você precisa de participantes, não de dinheiro… Vendo que as inscrições estavam abaixo do esperado, fizemos um trabalho forte e conseguimos normalizar o número de inscritos para o evento, o que nos deu uma certa tranquilidade, enquanto o valor arrecadado com patrocínios em dinheiro e em brindes, também nos deixava bem tranquilos.

d

Inscritos vs Presentes:

Historicamente os eventos tem uma quebra de 50% com relação ao número de inscritos e pessoas que comparecem. A explicação da maioria das pessoas, é que em eventos gratuitos isso já é esperado, pois como a pessoa não investiu nada, pode faltar sem nenhum problema, pois não estará perdendo nada.

Eu discordo e reprovo esse tipo de atitude, visto que se o evento é gratuito, esse é o maior motivo para que o inscrito compareça e aproveite tudo o que puder (gratuitamente).

Claro que imprevistos acontecem e tem coisas que não se pode evitar, mas é difícil acreditar que para mais de 50% das pessoas que se inscreveram no evento, aconteceu algum imprevisto que as impediu de estar presente, ou não tenha dado tempo suficiente para efetuar o cancelamento da reserva.

O SQL Saturday 573 teve um total de 546 inscritos (bem abaixo dos anos anteriores) e somente 250 presentes.

Confesso que até o horário do almoço, eu olhava para os corredores, para a abertura e me sentia um tanto decepcionado, e até que tinha fracassado na função que assumi. Porém durante o almoço, com o feedback dos palestrantes, de que as salas estavam cheias e as pessoas interessadas, e participativas, tomei uma decisão comigo mesmo: “Vamos fazer o evento valer a penas aos 250 presentes, e só lamento (por eles) aos que não vieram”, e assim foi, a grande maioria ficou até o final e aproveitou intensamente tudo o que preparamos junto com a Faculdade, voluntários e Palestrantes.

d

Palestrantes:

Devo ter repetido isso uma centena de vezes, e aí vai mais uma: “Palestrante de SQL Saturday tem que ser MUITO BEM tratados”. Montamos uma grade com 26 palestras, para um total de 30 palestrantes, sendo a grande maioria de não residentes em Brasília.

Um profissional que dedica seu tempo a estudar, aprender, preparar uma palestra, gastar do próprio bolso com passagem, hospedagem, alimentação e outros, merece todo respeito, consideração e regalias que pudermos oferecer, como sei que certamente não pudemos oferecer tudo o que é de merecimento, fica aí o meu MUITO OBRIGADO A TODOS OS PALESTRANTES, de Brasília e os que vieram de longe para abrilhantar nosso evento.

d

Faculdade Projeção:

Como de costume, a direção da Faculdade Projeção deu um apoio fundamental e muito importante para o evento, não somente cedendo o local, mas apoiando em toda a logística, e organização do evento. Eu até ouvi de um dos palestrantes: “O professor Luiz esteve no evento até o final, e demonstrava preocupação em tudo estar saindo direitinho, eu nunca tinha visto isso antes”. Professores Luiz Pedro e Vanessa Ribeiro, cedendo o local do evento, apoio na organização e todos os alunos voluntários, fazem parte do todo que fizeram a diferença no evento, e é com esse apoio e certeza de estarmos juntos que acreditamos que sempre podemos já terminar um evento, pensando no próximo.

d

Equipe de organização:

Conforme eu disse no começo do post, seria impossível ter organizado sozinho um evento como este e com tantos feedbacks positivos, o que nos dá a certeza que foi um sucesso.

Antes mesmo de aceitar o desafio de organizar um SQL Saturday, eu já contava com o apoio e suporte desse pessoal que foi fantástico, e muito dedicado para que tudo se tornasse realidade, merecem menção honrosa:

  • Raul Oliveira (e Nayara)
  • Gustavo Fé Maia
  • Socorro Vieira
  • Rodrigo Gomes
  • Luciano Moreira

Essa equipe trabalhou muito para que o evento deixasse de ser um plano ou desafio para se tornar uma realidade e um sucesso.

d

E o destaque do evento?:

Uma pessoa me enviou um e-mail na sexta feira, onde dizia não ter conseguido realizar a inscrição, pois o site informava que estava esgotada, no e-mail (imagem abaixo) essa pessoa dizia querer muito ir ao evento, e que sentaria no chão, se fosse preciso.

Esse tipo de mensagem, e vontade de estar presente e aproveitar as oportunidades, fazem com que cada esforço, cada minuto investido na organização valha a pena…

Prontamente eu solicitei à essa pessoa que comparecesse e me procurasse, pois eu faria questão de saber quem era aquela pessoa tão entusiasmada e disposta a “sentar-se no chão” se fosse preciso para prestigiar nosso evento, e aproveitar tudo o que tínhamos preparado…  PESSOA DO E-MAIL, PROFISSIONAIS COMO VOCÊ, FAZEM TUDO ISSO VALER A PENA !!! MUITÍSSIMO OBRIGADO, VOCÊ ESTÁ DE PARABÉNS !!!

d

Conclusões:

Organizar um SQL Saturday dá muito mais trabalho do que eu ou qualquer pessoa que não o tenha feito, possa imaginar, mas proporcional ao trabalho, é a satisfação em ver tudo acontecendo conforme planejado.

Continuo ainda um pouco decepcionado pela quantidade de inscritos que não compareceram ao evento, mas já me decidi a dar o foco àqueles que buscam aproveitar as oportunidades quando elas aparecem, e são os mais SORTUDOS, dentre a galera acomodada.

Que seja para 50 ou 100 pessoas, vamos trabalhar para fazer um SQL Saturday ainda melhor, e que independentemente do número de presentes, estes sairão do evento com um sentimento que valeu muito a pena ter passado o sábado inteiro em um evento técnico, principalmente com o alto nível que sempre temos.

 

 

Veja as fotos do evento em nossa página no facebook (https://www.facebook.com/sqlsatbsb/) e também pesquisando pelas hashtags #sqlsatbsb e #sqlsat573.

Se tem algum feedback sobre o SQL Saturday, ou tudo o que falei aqui, por favor deixe nos comentários.

 

Grande abraço,

 

Edvaldo Castro

3 thoughts on “Review e Análise – SQL Saturday #573 – Brasília

  1. Parabéns Edvaldo! O evento foi sensacional e muito bem organizado! Na minha humilde opinião, não deixou nada a desejar! Local muito bom, ótimas salas e só palestrantes TOP! Independente de quantidade, o que vale é a qualidade e isso teve de sobra! Tenho certeza que todos que foram conseguiram agregar muito conhecimento e fazer muito networking. Pense positivo e se no ano que vem cada pessoa levar pelo menos um amigo, teremos 500 participantes =)

    Um grande abraço e mais uma vez parabéns pela ótima iniciativa pela comunidade!

    Luiz Vitor

    1. Valeu pelo feedback Luiz,

      Como eu disse, depois que vi as salas cheias e os feedbacks dos palestrantes, esse sentimento de frustração ficou um pouco de lado… No próximo, que venham os interessados, e se forem 10 pessoas, terão o melhor evento que pudermos oferecer…

      Abraço,

      Edvaldo Castro

Leave a Reply